Tag: elton john

18/08/2021

Skyline Pigeon – (tradução)
Elton John

Skyline Pigeon

Turn me loose from your hands
Let me fly to distant lands
Over green fields, trees and mountains
Flowers and forest fountains
Home along the lanes of the skyway

For this dark and lonely room
Projects a shadow cast in gloom
And my eyes are mirrors
Of the world outside
Thinking of the ways
That the wind can turn the tide
And these shadows turn
From purple into grey

For just a Skyline Pigeon
Dreaming of the open
Waiting for the day
He can spread his wings
And fly away again
Fly away skyline pigeon fly
Towards the dreams
You’ve left so very far behind
Fly away skyline pigeon fly
Towards the dreams
You’ve left so very far behind

Let me wake up in the morning
To the smell of new mown hay
To laugh and cry, to live and die
In the brightness of my day

I want to hear the pealing bells
Of distant churches sing
But most of all please free me
From this aching metal ring
And open out this cage towards the sun

For just a Skyline Pigeon
Dreaming of the open
Waiting for the day
He can spread his wings
And fly away again
Fly away skyline pigeon fly
Towards the dreams
You’ve left so very far behind
Fly away skyline pigeon fly
Towards the dreams
You’ve left so very far behind

Pombo do Horizonte

Livre-me de suas mãos
Deixe-me voar para terras distantes
Sobre campos verdes, árvores e montanhas
Flores e fontes em florestas
Para casa, pelas veredas da via celeste

Pois este quarto escuro e solitário
Reflete uma sombra cheia de tristeza
E meus olhos são espelhos
Do mundo exterior
Pensando no caminho
Que o vento pode virar o jogo
E essas sombras mudam
De púrpura em cinza

Para um simples pombo do horizonte
Sonhando com a abertura,
esperando pelo dia
Em que ele possa abrir suas asas
E voar novamente
Voe para longe, pombo, voe
Em direção aos sonhos
que você há muito deixou para trás
Voe para longe, pombo, voe
Em direção aos sonhos
que você há muito deixou para trás

Deixe-me apenas acordar de manhã
Com o aroma do feno recém-cortado
Para sorrir e chorar, para viver e morrer
No brilho do meu dia

Eu quero ouvir os sinos ressonantes
De igrejas distantes cantarem
Mas, acima de tudo, por favor me livre
Desta dolorosa argola de metal
E abra esta gaiola voltada para o Sol

Para um simples pombo
Sonhando com a abertura,
esperando pelo dia
Em que ele possa abrir suas asas
E voar novamente
Voe para longe, pombo, voe
Em direção aos sonhos
que você há muito deixou para trás
Voe para longe, pombo, voe
Em direção aos sonhos
que você há muito deixou para trás

Ó Senhor, ouve a minha oração, dá ouvidos às minhas súplicas! Atende-me na tua fidelidade, e na tua retidão.

Salmos 143:1
26/02/2021

Sacrifice – (tradução)
Elton John

Sacrifice

It’s a human sign
When things go wrong
When the scent of her lingers
And temptation’s strong

Into the boundary
Of each married man
Sweet deceit comes callin’
And negativity lands

Cold cold heart
Hard done by you
Some things look better baby
Just passin’ through

And it’s no sacrifice
Just a simple word
It’s two hearts living
In two separate worlds
But it’s no sacrifice
No sacrifice
It’s no sacrifice at all

Mutual misunderstanding
After the fact
Sensitivity builds a prison
In the final act

We lose direction
No stone unturned
No tears to damn you
When jealously burns

Cold cold heart
Hard done by you
Some things look better baby
Just passing through.

And it’s no sacrifice
Just a simple word
It’s two hearts living
In two separate worlds
But it’s no sacrifice
No sacrifice
It’s no sacrifice at all

Cold cold heart
Hard done by you
Some things look better baby
Just passing through.

And it’s no sacrifice
Just a simple word
It’s two hearts living
In two separate worlds
But it’s no sacrifice
No sacrifice
It’s no sacrifice at all

No sacrifice at all
No sacrifice at all
No sacrifice at all

Sacrifício

É um sinal humano
Quando as coisas dão errado
Quando o perfume dela permanece
E a tentação é forte

Dentro do limite
De cada homem casado
A doce enganação chama
E a negatividade aterrissa

Coração gelado
Por sua causa
Algumas coisas parecem melhores, baby
Quando elas estão passando

E não é sacrifício algum
É só uma simples palavra
São só dois corações vivendo
Em dois mundos separados
Mas não é sacrifício algum
Nenhum sacrifício
Não é sacrifício algum, afinal

Desentendimento mútuo
Depois do fato
A sensibilidade constrói uma prisão
No ato final

Nós perdemos a direção
Nenhuma pedra desvirada
Nenhuma lágrima para te amaldiçoar
Quando o ciúmes queima

Coração gelado
Por sua causa
Algumas coisas parecem melhores, meu bem
Quando elas estão passando.

E não é sacrifício algum
É só uma simples palavra
São só dois corações vivendo
Em dois mundos separados
Mas não é sacrifício algum
Nenhum sacrifício
Não é sacrifício algum, afinal

Coração gelado
Por sua causa
Algumas coisas parecem melhores, meu bem
Quando elas estão passando.

E não é sacrifício algum
É só uma simples palavra
São só dois corações vivendo
Em dois mundos separados
Mas não é sacrifício algum
Nenhum sacrifício
Não é sacrifício algum, afinal

Não é sacrifício algum, afinal
Não é sacrifício algum, afinal
Não é sacrifício algum, afinal

Ó Senhor, a ti clamo; dá-te pressa em me acudir! Dá ouvidos à minha voz, quando a ti clamo!

Salmos 141:1