Pentateuco – Levítico

20/03/2021

Pentateuco – Levítico

Velho Testamento

A bela história de Rute é considerada uma gema literária; ( veja um hino por Borges ). É um dos dois livros da Bíblia em que uma mulher é a personagem principal – Rute, uma moabita que se casou com um hebreu, e Ester, uma judia que se casou com um rei não-judeu.

Nome: Derivado do nome da tribo de Levi.

Autor: Moisés, comumente aceito.

Quando foi escrito: 1450 – 1410 a.C.

Palavras Chave: Acesso e santidade.

Conteúdo: Um compêndio das leis divinas.

Personagem Central: O sumo sacerdote.

Tema Central: Como pode um pecador aproximar-se de um Deus Santo? A palavra santo ocorre mais de oitenta vezes no livro.

Livro Companheiro: Hebreus.

Análise:

Parte I.
A Vida de Acesso a Deus.
Por meios de sacrifícios e ofertas.
Holocaustos, que significavam expiação e consagração, capítulo 1:2-9.
Oblações, que significavam ação de graças, capítulo 2:1-2..
Ofertas pelo pecado, que significavam reconciliação, capítulo 4..
Ofertas pela transgressão, que significavam limpeza de culpa, capítulo 6:2-7..
Ofertas de paz, capítulos 6:11; 15.3

Através da mediação sacerdotal.

O Sacerdócio humano:

seu chamado, capítulo 8:1-15;.
sua limpeza capítulo 8:6;
seus ornamentos capítulo 8:7-13;.
sua expiação, capítulo 7:14-34;.
exemplos de sua vida pecaminosa, capítulo 10.

Parte II.
Leis especiais que governam a Israel.
Quanto ao alimento, capítulo 11.
Quanto à limpeza, higiene, costumes, moral, etc., todas enfatizavam a pureza de vida como condição para obter o favor divino, capítulos 12-20.

Pureza dos sacerdotes e das ofertas, capítulos 21-22

Parte III.
As cincos festas anuais.
A festa da Páscoa, começava no dia 14 de abril, capítulo 23:5. Em comemoração do Êxodo.
A festa do Pentecoste (ou das semanas), o sexto dia junho em comemoração da promulgação da lei, capítulo 23:15.
A festa das Trombetas, o primeiro dia de outubro, capítulo 23:23-25.
O dia da expiação, o décimo dia de outubro. O sacerdote entrava no Lugar Santíssimo e fazia expiação pelos pecados do povo, capítulos 16 e 23:26-32.
A festa dos Tabernáculos, começava no décimo quinta dia de outubro. Comemorava a vida no deserto e agradecia a Deus pela colheita, capítulo 23:39-43.

Parte IV.
Leis e instruções gerais.
O ano sabático. Um ano em cada sete a terra era deixada sem cultivo, capítulo 25:2-7.
O ano do Jubilei. Um ano em cada cinquenta era designado para que os escravos fossem libertados, as dívidas perdoadas e uma restituição geral tivesse lugar, capítulo 25:8-16.
Condições para as bênçãos e advertências acerta do castigo, capítulo 26.
A lei dos Votos, capítulo 27.

Os meus preceitos observareis, e os meus estatutos guardareis, para andardes neles. Eu sou o Senhor vosso Deus. Guardareis, pois, os meus estatutos e as minhas ordenanças, pelas quais o homem, observando-as, viverá. Eu sou o Senhor.

Levítico 18:4-5

Deixe um comentário