Profetas Menores – Malaquias

20/03/2021

Profetas Menores – Malaquias

Velho Testamento

Autor: Malaquias.
Nada se sabe acerca da vida do profeta, exceto o que se encontra neste livro. Talvez tenha sido contemporâneo de Neemias; as condições descritas na profecia correspondem àquela época.

Quando foi escrito: 450 – 400 a.C.

Estilo: Enérgico e fora do comum. O Senhor é representado como se estivesse dialogando com seu povo. “Mas vós dizeis” contrasta com “diz o Senhor dos Exércitos” através dos primeiros três capítulos.

Tema: É uma descrição gráfica do período final da história do Antigo Testamento, que mostra a necessidade de grandes reformas que preparem o caminho para a vinda do Messias.

Texto Chave: 3:8.

Sinopse:

Seção I.
O lado obscuro do panorama. Os pecados de um povo sem honra e ingrato e de um sacerdócio infiel.
Roubar a Deus:
Ao deixar de responder ao amor divino, 1:2.
Ao desonrar o nome de Deus, 1:6.
Ao apresentar ofertas imundas, 1:7,8,13-14.
Por causa do seu mau exemplo, os sacerdotes se converteram em pedras de tropeço em vez de serem lideres espirituais, 2:1-8.
Ao honrar a pecadores, 2:17; 3:15.
Ao não dar os dízimos, 3:8.
Ao justificar a impiedade, 3:14.

Pecados sociais:
Tratos enganosos, 2:10.
Casamentos com incrédulos, 2:11.
Deslealdade para com as esposas, 2:14-16.
Feitiçaria, impureza, opressão, 3:5.

Seção I.
O lado brilhante do panorama.
Promessas gloriosas:
Da vinda do mensageiro da aliança, 3:1-4.
Do derramamento de uma grande bênção, 3:10-12.
Dos santos ao converter-se em tesouro especial do Senhor, 3:16-18.
Do amanhecer de um novo dia no qual a justiça triunfará, 4:2-3.
Da aparição de um reformador espiritual antes da vinda do dia do Senhor, 4:5-6.

Porções Seletas:
Cap. 3, o mensageiro purificador da aliança, 1-4.
Cap. 3. as bênçãos superabundantes, 10.
Cap. 3, as joias de Deus, 16-17.

Tendes enfadado ao Senhor com vossas palavras; e ainda dizeis: Em que o havemos enfadado? Nisto que dizeis: Qualquer que faz o mal passa por bom aos olhos do Senhor, e desses é que ele se agrada; ou: Onde está o Deus do juízo?

Malaquias 2:17

Deixe um comentário