Epístolas Paulinas – 1 Tessalonicenses

21/03/2021

Epístolas Paulinas – I Tessalonicenses

Novo Testamento

Autor: Paulo, o apóstolo.

Data: O ano e o lugar não podem ser determinados com segurança. Acredita-se geralmente que esta foi a primeira de todas as cartas de Paulo e que provavelmente tenha sido escrita em Corinto, 49-54 d.C.
A igreja. Foi fundada por Paulo em sua segunda viagem missionária Ali encontrou uma oposição violenta à sua obra, mas teve êxito em ganhar alguns judeus e numerosos gregos, o que lhe permitiu estabelecer uma igreja fiel. Veja Atos 17:1-10.

Marco Histórico:
Timóteo havia sido enviado por Paulo a fim de animar e fortalecer a igreja. Aquele, em seu regresso, fez um relato que aparentemente inspirou o apóstolo a escrever a carta, 3:6.

Temas Principais:
Esta é uma das cartas mais pessoais de todas as de Paulo. Não é tão doutrinária ou polêmica como algumas outras. O corpo da carta consiste principalmente de recomendações, reminiscências pessoais, conselhos e exortações. A verdade central, ressalta amplamente, é a esperança futura da vinda de Cristo.

A Carta pode ser dividida em cinco partes:

Parte I.
Seção de encômio. Capítulo 1.
Saudação, 1.
Elogio à igreja. Por sua fé e seu serviço entranhável, 2-4; por sua receptividade espiritual, 5-6; por sua influência exemplar, 7-8; por seu abandono da idolatria e por sua esperança espiritual, 9-10.

Parte II.
Seção de reminiscências. Capítulo 2.
Paulo recorda as características de seu ministério.
Como valoroso, sincero, temente a Deus, veraz e abnegado, 2-5.
Como humilde, amável, afetuoso, trabalhador, irrepreensível, e paternal, 6-12.
Se refere à docilidade e aos sofrimentos da igreja, 13-14.
Faz referência a seu desejo de visitar a igreja, e se gloria neles como sua coroa de gozo, 17-20.

Parte III.
Seção do mensageiro Capítulo 3.
Envia a Timóteo para fortalecer a igreja, 1-5.
O informe favorável de seu mensageiro, e seu resultado reconfortante e gozo, 6-9.
A oração sincera de Paulo para que possa visitar a igreja e ajudá-los em seu desenvolvimento espiritual, 10-13.

Parte IV.
Seção de exortação. Capítulo 4.
Exortações à procura pessoal e social, 1-8.
Exortações ao amor fraternal e ao trabalho, 9-12.

Parte V.
Seção da esperança futura; do porvir Capítulo 4.
A vinda do Senhor, a Parusia
A esperança consoladora para os que perderam um ente querido, 13-14.
A ordem das ressurreições, 15.
Ocorrências relacionadas com a aparição de Cristo, 16-18.

A vinda do Senhor Capítulo 5.
Desconhece-se o dia de sua vinda, 1-2.
Será inesperada para os incrédulos, 3.
Os filhos da luz devem estar preparados, 4-8.
A segurança dos crentes nesse dia, 9-11.

Parte VI.
Seção do Dever
Exortações acerca dos deveres práticos da vida cristã, 5:12-22.
Conclusão e bênção, 5:23-28.

Porções Seletas:
A segunda vinda de Cristo (Parusia) 4:13-5:11.
Deveres práticos, 5:12-22, esta é uma passagem paralela do capítulo 12 de Romanos.

Ora, o próprio Deus e Pai nosso e o nosso Senhor Jesus nos abram o caminho até vós, e o Senhor vos faça crescer e abundar em amor uns para com os outros e para com todos, como também nós abundamos para convosco.

I Tessalonicenses 3:11-12

Deixe um comentário