Jesus, a Única Esperança

24/02/2021

Jesus, a Única Esperança

O Mundo de Hoje Segundo a ONU

Segundo a Organização das Nações Unidas – (ONU), existem atualmente 193 países e 52 territórios. Mas há algumas ausências nessa lista. As duas mais famosas são Taiwan, cuja independência não é reconhecida pela China, e o Vaticano, que, apesar de ficar de fora do cadastro da ONU, é “observador permanente” da entidade, status que dá direito a voto nas conferências. A Palestina também é um Estado observador. Além disso, a ONU não contabiliza possessões e territórios. A Groenlândia, por exemplo, fica de fora porque é território da Dinamarca.

Neles, se movimentam uma população global de 7,8 bilhões de pessoas em julho de 2020, (eram 5,8 bilhões em 1996, quase 6 bilhões). As Nações Unidas estimam que a população humana chegará até 11,2 bilhões em 2100.

A infraestrutura mundial tem estrutura apenas para 1,5 bilhão de pessoas. Sabendo disto, então concluímos que cerca de 6,3 bilhões, vivem sem as condições adequadas de vida e, outros ainda sem nenhuma condição. Praticamente na miséria absoluta.

Estes números têm trazido uma falta de perspectiva, desconforto e desespero para a humanidade. A esperança e a confiança de crer e apostar no futuro, de estar sempre otimista achando que tudo vai melhorar, estão cada vez mais diminuindo, ainda que estejamos no limiar do 3º milênio, quando o mundo inteiro se prepara para uma nova modalidade de vida.

As necessidades do mundo

Aqui, portanto, surge a grande necessidade de Cristo para todas estas pessoas. Jesus deve fazer parte integrante de nossas vidas, deve ser nosso Senhor. Porque em Cristo e por meio dEle nasce uma nova esperança na pessoa humana; não tão somente para o futuro que nos espera, como para o tempo que ainda nos resta aqui nessa terra enquanto estamos vivos, mas também nos diz respeito a eternidade. Nosso futuro após a morte.

Somente Jesus Cristo deve ser o Senhor de nossas vidas, Ele nos oferece condições para enfrentar as batalhas… Por esse motivo Ele tem chamado todos aqueles que ainda não O aceitaram em seu coração: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”. (Mateus 11:28). Mas não se deixe enganar, pois Ele não está falando de seu cansaço da vida, do trabalho para ganhar o pão de cada dia; Cristo fala do cansaço de levar uma vida vã sem Deus, cheia de pecados e incertezas.

Jesus e os milênios

Jesus Cristo foi a esperança de muitos no milênio passado e muitos nEle creram e salvaram suas almas, e continua sendo a esperança neste milênio presente e nós os cristãos cremos que também será daquele que há de vir.

Nele e por Ele alcançaremos a vitória para nossas almas e também para as nossas necessidades, principalmente as espirituais. Paulo, o grande apóstolo, diz que “Deus segundo suas riquezas, suprirá todas nossas necessidades em glória, por Cristo Jesus”. (Filipenses 4:19). E também aos irmãos de Éfeso: “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera”. (Efésios 3.20); Ele acrescenta quando fala aos de Roma: “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele (Cristo) todas as coisas?”. (Romanos 8.32).

Se você quer ter suas necessidades supridas por Deus juntamente com Jesus Cristo, então você tem que O aceitar de todo o coração, do íntimo do seu ser, então serás salvo, assim receberá em seu coração os três maiores dons de Deus, “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” (I Coríntios 13:13). Desta forma, você conseguirá perseverar com Cristo até o fim. Até o dia da decisão final, o dia do juízo. (Apocalipse 20:10-14).

A Vida Eterna

Quando uma pessoa tiver aceitado a Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, então terá a vida eterna já garantida nas mãos de Cristo. Existem muitas passagens na Bíblia, a Palavra de Deus, que nos dá a promessa e garantia da vida eterna, mas vamos ver apenas dois versículos do Evangelho de João:

“Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida”. (João 5:24);

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3:16).

A partir deste momento, esta pessoa torna-se uma nova criatura, um filho de Deus, e nasce em seu coração uma nova perspectiva de vida e uma nova esperança marcada pela confiança inabalável dada com respeito a vida presente e a futura.

“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos”. (I João 3:1-2).

A Decisão

Não seria no momento o seu dilema neste mundo de tantas incertezas? Como você vê seu futuro depois que morrer? Você tem certeza que estará num bom lugar após partir daqui? Garanta tudo isso! É somente olhar para Cristo e Ele tudo fará por você. “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará” (Salmos 37:5).

Filho meu, atende à minha sabedoria; inclina o teu ouvido à minha prudência; para que observes a discrição, e os teus lábios guardem o conhecimento.

Provérbios 5:1-2

Deixe um comentário