Tag: use máscaras

01/04/2021

Auxílio Emergencial: Calendário de Pagamentos

Novo Auxílio Emergencial 2021

Em 6 de abril começa o pagamento do Novo Auxílio Emergencial e será feito em quatro parcelas; O valor será de R$ 250,00 por família, com valores diferenciados para aquelas comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas. Pessoas sozinhas vão receber R$ 150,00. Os pagamentos seguem mais uma vez as datas de nascimento dos beneficiários.

A nova rodada será paga os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa e para os beneficiários do Bolsa Família.

Beneficiário precisa estar com o CPF regular;


Cadastro Único e Inscritos via APP e Site

Os pagamentos para este público começam em 6 de abril.

Os pagamentos serão feitos por meio de conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo Caixa TEM. Mais uma vez, será liberada primeiro a movimentação digital e, posteriormente, os saques.

Bolsa Família

Já para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário já estabelecido para o benefício – sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Para este público, os pagamentos serão feitos da mesma forma que é pago o Bolsa Família.

Veja no calendário na tabela abaixo:

Como saber se terei direito, se vou receber?

Os trabalhadores poderão consultar, a partir de 1º de abril, se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial. A CONSULTA poderá ser feita AQUI NO SITE DA DATAPREV, empresa estatal responsável por processar os pedidos. O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

A partir de 2 de abril, a consulta poderá ser feita também pelos canais da Caixa: pelo auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

Quantas Parcelas?

Serão pagas aos trabalhadores 4 parcelas  que vai variar entre R$ 150,00 e R$ 375,00 conforme o perfil do beneficiário e a composição de cada família – com valor médio do benefício de R$ 250,00.

As Famílias vão receber R$ 250,00;

Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375,00;
Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150,00.

Quem vai Receber?

Pelas novas regras criadas, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. Segundo o governo, o benefício deverá ser pago a 45,6 milhões de famílias.

Para quem está no Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

Não serão abertas novas inscrições para o pagamento do benefício A seleção será feita a partir dos beneficiários inscritos no programa original, excluindo aqueles que não se encaixarem nas novas regras do programa. Com isso, o número de beneficiários deve ser reduzido de 68 milhões para 46,6 milhões.

CONSULTA AQUI SE VOCÊ TEM DIREITO – DATAPREV

Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo.

João 3:5-7
30/03/2021

Coronavirus – COVID-19

Utilidade Pública Essencial

Coronavirus - COVID-19

O que é a doença Coronavírus

A doença do coronavírus (COVID-19) é uma doença infecciosa causada por um coronavírus recém-descoberto.

A maioria das pessoas que adoece em decorrência da COVID-19 apresentará sintomas leves a moderados e se recuperará sem tratamento especial.

Como ele se espalha?

O vírus que causa a COVID-19 é transmitido principalmente por meio de gotículas geradas quando uma pessoa infectada tosse, espirra ou exala. Essas gotículas são muito pesadas para permanecerem no ar e são rapidamente depositadas em pisos ou superfícies.

Você pode ser infectado ao inalar o vírus se estiver próximo de alguém que tenha COVID-19 ou ao tocar em uma superfície contaminada e, em seguida, passar as mãos nos olhos, no nariz ou na boca.

Quais são os sintomas?

Sintomas mais comuns:
febre
tosse seca
cansaço

Sintomas menos comuns:
dores e desconfortos
dor de garganta
diarreia
conjuntivite
dor de cabeça
perda de paladar ou olfato
erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés

Prevenção

Proteja a si mesmo e as pessoas ao seu redor conhecendo os fatos e tomando as precauções apropriadas. Siga os conselhos da autoridade local de saúde.


Para evitar a propagação da COVID-19, faça o seguinte:

  • Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel.
  • Mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.
  • Use máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.
  • Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.
  • Cubra seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.
  • Fique em casa se você se sentir indisposto.
  • Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Ligue com antecedência para o plano ou órgão de saúde e peça direcionamento à unidade mais adequada. Isso protege você e evita a propagação de vírus e outras infecções.

Use Máscaras

Quem usa máscara pode ajudar a prevenir a propagação do vírus para outras pessoas. Isoladamente, as máscaras não são uma proteção contra a COVID-19, e o uso delas deve ser combinado com o distanciamento físico e a limpeza das mãos. Siga as orientações da autoridade local de saúde.

Tratamentos

Autocuidados

  • Após a exposição a uma pessoa com COVID-19, siga estas orientações:
  • Ligue para seu prestador de cuidados de saúde ou para uma central de informações sobre a doença para descobrir onde e quando você pode fazer um teste.
  • Informe outras pessoas com quem você teve contato para impedir a propagação do vírus.
  • Caso não seja possível fazer o teste, fique em casa e pratique o distanciamento social por 14 dias.
  • Enquanto estiver em quarentena, não vá ao trabalho, à escola ou a espaços públicos. Peça para alguém levar itens essenciais até você.
  • Mantenha pelo menos um metro de distância de outras pessoas, incluindo membros da sua família.
  • Use uma máscara para proteger os outros, até mesmo se/quando você precisar procurar atendimento médico.
  • Higienize as mãos com frequência.
  • Fique em um cômodo separado dos outros membros da sua família. Se isso não for possível, use máscara.
  • Mantenha o ambiente bem ventilado.
  • Se você divide o quarto com alguém, deixe um metro de distância entre as camas.
  • Preste atenção por 14 dias para ver se você apresenta sintomas.
  • Ligue para o prestador de cuidados de saúde imediatamente se você apresentar qualquer um destes sintomas: dificuldade para respirar, perda da fala ou da mobilidade, confusão ou dores no peito.
  • Mantenha contato com seus entes queridos por telefone ou on-line e faça exercícios para manter o pensamento positivo.

Tratamentos médicos

Cientistas do mundo todo estão trabalhando para encontrar e desenvolver tratamentos para a COVID-19.

Os tratamentos paliativos mais indicados incluem oxigênio, para casos mais graves e pacientes de alto risco devido a outras doenças, e suportes respiratórios, como ventilação, para pacientes em estado crítico.

A Dexametasona é um corticosteroide que pode ajudar a reduzir o tempo de ventilação e salvar as vidas de pacientes em situação mais grave.

A OMS não recomenda a automedicação, incluindo ingestão de antibióticos, como prevenção ou cura da COVID-19.

São Paulo

Total de Casos

2.430.000
+5.220

Recuperados

2.080.000

Mortes

72.283
+292

Brasil

Total de Casos

12.600.000
+38.927

Recuperados

11.000.000
+17.911

Mortes

314.000
+1.660

Global

Total de Casos

128.000.000

Recuperados

72.500.000

Mortes

2.790.000

Fonte: World Heath Organization

Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.

João 1:12