Amber Laura Heard

12/05/2022

Amber Laura Heard [1986 -]

Amber Laura Heard, nasceu em Austin à 22 de abril de 1986. É uma atriz e modelo norte-americana.

Desempenhou o papel principal e personagem-título em All the Boys Love Mandy Lane que estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2006.

O seu primeiro papel de destaque na televisão surge em 2007 na série Hidden Palms, onde interpreta a personagem “Greta Mathews”.

Começou a ser mais conhecida em 2008 pelos filmes Never Back Down com Sean Faris e Cam Gigandet e Pineapple Express com Seth Rogen e James Franco.

Em 2009, Amber protagonizou The Stepfather e teve também um pequeno papel na comédia de horror Zombieland.

Em seguida entrou em The Joneses e And Soon the Darkness. Amber também participou da polêmica série The Playboy Club, e participou de filmes como The Ward de John Carpenter, Drive Angry ao lado de Nicolas Cage e The Rum Diary, com Johnny Depp. E mais recentemente interpretou a Princesa Mera nos filmes da Liga da Justiça e Aquaman.

★ Curso VIVER DE YOUTUBE: https://go.hotmart.com/Y53917967R

45 Frases de Amber Laura Heard

Tudo que eu sempre precisei foi de mim mesma.

O que eu realmente amo sobre a roupa de coelho de playboy, é tudo sobre a silhueta de uma mulher.

Eu estou mantendo uma mente aberta como sempre, porque é o que você tem que fazer.

Eu recebo multas o tempo todo e não consigo ficar sob o limite de velocidade. Eu sou ruim nisso.

A injustiça nunca pode ser defendida.

Se você quiser fazer alguma coisa, você encontra um caminho.

Eu fui criada pelo meu pai. Eu era a garotinha do papai.

Eu não quero ter que negar minha sexualidade, porém também não quero que a minha pessoa seja definida só por conta da minha opção sexual.

Os modelos são apenas manequins que buscam validação nas mãos de pessoas despreocupadas da moda.

Eu não sinto como milhões de pessoas que estão erradas porque amam quem eles amam ou nasceram como nasceram.

Mesmo que eu não acredite em Deus, sinto-me estranhamente obrigado a lutar contra o rótulo ateu.

Eu tenho um grande apreço por indivíduos verdadeiros.

Requer bravura para fazer algo que ninguém mais ao seu redor está fazendo.

Eu nunca imaginaria um companheiro com base em sexo ou carreira.

Eu não me rotulo de um jeito ou de outro. Eu amo quem eu amo; É a pessoa que importa.

Eu fui a uma escola católica, mas não me encaixei.

Sou como qualquer outra garota, uma idiota por romance.

Você não pode respeitar a si mesmo se você está com medo de ser quem você é.

Eu sempre quis estar no comando de onde estou indo e ser o mestre do meu destino.

Machismo existe, e nós, mulheres, devemos mudar essa situação, porque eu não acho que os homens vão fazer.

Eu nunca me esquivei de qualquer coisa que eu quisesse fazer porque era algo difícil.

Eu sou uma excelente atiradora e eu amo armas – eu possuo várias.

Eu sempre fui uma pessoa privada e sempre valorizei minha privacidade.

Modelos são apenas manequins buscando validação nas mãos de pessoas de moda.

Eu amo meus filmes de terror e eles sempre estarão muito perto de mim.

Todo artigo que eu li sobre mim sempre acaba concluindo que eu, não sou, de fato, completamente estúpida.

Eu sempre vivi minha vida do jeito que eu queria e fui honesta comigo mesma e todos ao meu redor.

Eu sempre me senti como um exilada na escola. Eu tinha bons amigos, mas nenhum que realmente me relacionei.

Eu acho que minha mãe percebeu que ela tinha uma filha um pouco incomum muito cedo.

É meu trabalho em Hollywood encontrar papéis onde eu faço um personagem, não um maiô.

Eu cresci fora de Austin, e minha educação era bastante rural.

Carros modernos, eu não gosto tanto.

Eu tenho um mustang 68, que é meu bebê. Eu adquiri acerca de seis anos, o que é um certo milagre, considerando quantas vezes ele foi roubado.

Todos nós apreciamos uma certa estética, e com essa apreciação veio uma certa presença estilizada.

Você se sente melhor quando está comendo comida que retém o valor nutricional.

É raro ter até mesmo conversas meio significativas na indústria cinematográfica.

Eu posso sentar em frente à TV e assistir um antigo filme romântico e ser transportada.

Eu sou apenas como qualquer outra garota, uma otária por romance.

Sou forte. Eu sou esperta. Eu não sou uma vítima, para meu detrimento.

Força e independência são sempre algo pelo que sou atraída em todos os meus personagens, não importa quão diferentes sejam do outro.

Eu tive relacionamentos bem sucedidos com mulheres e com os homens. Eu amo quem amo, a pessoa é o que importa.

Eu sou uma membra orgulhosa da comunidade LGBT e nunca poderia suportar a ideia de alguém poder me dizer que eu estive no armário.

Eu era uma salva-vidas. Foi meu emprego de verão, e eu nunca salvei ninguém. Eu nunca tive que agradecer a Deus.

Você tem que fazer outra coisa aos 30 anos, se você não encontrou outra maneira de explorar sua própria identidade e fazer algo dela.

Para a maior parte eu escolho filmes com base no mérito do script, e o mérito apenas do script.

★ Curso VIVER DE YOUTUBE: https://go.hotmart.com/Y53917967R

Julga-me, ó Senhor, pois tenho andado na minha integridade; no Senhor tenho confiado sem vacilar.

Salmos 26:1

Deixe um comentário