Passageiro Morre com Sintomas do Coronavírus no Metrô – Fake News

Passageiro Morre com Sintomas do Coronavírus

Um vídeo que circula nas redes sociais e grupos de Whatsapp com informações mentirosas que só servem para gerar pânico na população. Este vídeo mostra um passageiro com máscara, caído no chão, provavelmente desmaiado,  dentro um trem em São Paulo, com a informação de que ele teria morrido dentro do “Metrô”. Primeiro, e mais importante, o passageiro não morreu, apresentou um quadro de ansiedade no vagão. Segundo porque o fato ocorreu em um trem da série 8500, que possivelmente prestava serviços na Linha 11 – Coral. na CPTM, não no Metrô e ao lado do homem, um segurança terceirizado da Companhia o acompanhava.

Diante da publicação, diversas teorias surgiram, uma delas é de que o passageiro teria morrido. Inclusive, algumas pessoas disseram que o passageiro teria vindo a óbito em razão do novo coronavírus (Covid-19).

Mas, apesar das imagens, o usuário em questão tem uma suposta crise de tosse. Algumas publicações dão conta de que o cidadão teria morrido, mas o passageiro não faleceu nas dependências da operadora. De acordo com uma reposta do secretario dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy informou que no último sábado, 21, vigilantes da CPTM prestaram atendimento ao passageiro, que alegava estar passando mal dentro de um trem da Linha 11 – Coral, sentido Estudantes. Ele foi atendido na Estação Corinthians-Itaquera, onde recusou encaminhamento para um Pronto Socorro da região, por estar se sentindo melhor.

O secretário complementou dizendo que o passageiro foi acompanhando até a estação Tatuapé, destino final de sua viagem e saiu do sistema sobre tilhos. De lá seguiu para a Estação Eng. Goulart, fazendo a baldeação para a Linha 13 – Jade e saindo do sistema na Estação Aeroporto-Guarulhos. Todas as paradas do passageiro foram dentro do sistema ferroviário (CPTM).

Mais uma vez reforçamos a necessidade pela busca de informações oficiais, principalmente no momento atual em que vivemos. A irresponsabilidade de alguns (de quem posta e compartilha a fake news) só aumenta o estado de preocupação da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *